Telegestão Iluminação Pública

telegestao-iluminacao-publica

 

Tele Gestão para Iluminação Pública

A tecnologia de tele gestão para iluminação pública, apresentada pela IlumiSUL em parceria com a organização britânica Telensa, permite que os gestores tenham controle, monitoramento e operação remota de sistemas de Iluminação Pública através de uma operação mais simples e funcional. O principal benefício que o investimento nessa tecnologia pode gerar para o contratante é a economia de custos em manutenção e energia elétrica.

 

Arquitetura da Tecnologia

O equipamento inteligente instalado em de cada luminária – TELECEL – consegue medir todos os dados de cada ponto de luz. Dados referentes a potência ativa, fator de potência, corrente e tensão de chegada na lâmpada são registrados pelo TELECEL e transmitidos via radiofrequência, através de uma ultra narrow-band para a estação base.

As estações base estão distribuídas pela cidade de forma estratégica e em formato de rede se comunicam com todos os pontos. Cada estação tem capacidade de operar até 5.000 luminárias e retransmitir esses dados aos servidores. Elas possuem um luxímetro, uma bateria de energia e um chip 3G ou ADSL em linha telefônica.

Os servidores, por sua vez, são acessados pelos gestores do Sistema que avaliam as informações geradas  por um software específico e procedem no tratamento dos desvios identificados de cada ponto.

 

Gestão de informações

O operado da IlumiSUL, através de um software pode ter acesso à todas as informações de cada ponto e saber exatamente se é necessária a manutenção e que item precisa ser substituído. É possível ter a métrica de todas as grandezas elétricas e o consumo real de cada ponto de luz. Logo, sabe-se que pontos estão apagados e porquê.  O software permite, também, que seja a feita a gestão da luminosidade empregada em cada ponto quando a iluminação for de LED afim de gerar maior economia de energia em locais pouco movimentados durante a madrugada.

 

Ação

Após a validação das informações obtidas, o gestor pode liberar as equipes para irem à campo com mais objetividade.  A tomada de decisão da gerência de logística fica muito mais simplificada por conta da identificação dos problemas antes da equipe técnica sair da base. As rotas podem ser melhor trabalhadas e as rondas noturnas extintas. As informações permitirão, também, a medição correta da energia consumida e a cobrança da fatura ser feita de forma aferida pela concessionária. Nos casos de circuitos medidos ou de redes de alimentação específicas para a IP o furto de energia pode ser identificado e contingenciado.